Velejadores da RS:X levam Brasil ao top 10 do Mundial da Juventude

Velejadores da RS:X levam Brasil ao top 10 do Mundial da Juventude

Written on 24/07/2019


Com os dois velejadores da classe RS:X no top 10, o Brasil encerrou nesta sexta-feira, dia 19, a participação do Mundial da Juventude, em Gdynia, na Polônia. Filha do medalhista olímpico Bruno Prada, Giovanna Prada, de Ilhabela, ficou na sexta colocação na disputa feminina, com 81 pontos perdidos. Já o gaúcho Guilherme Plentz terminou em nono lugar no masculino (120 p.p.).

 

Em 2020, o Mundial da Juventude vai ser disputado na Base Naval de Aratu, em Salvador, na segunda semana de dezembro. Será a segunda vez que a competição acontecerá em águas brasileiras. A primeira foi em Búzios 2009.

 

“O campeonato na Polônia foi difícil, com 66 países, muitas equipes bem preparadas e condições variadas. O Brasil conseguiu ganhar regatas em classes diferentes e isso mostrou o potencial dos atletas. Serviu como preparação para o Mundial do ano que vem na Bahia, em que esperamos contar com uma equipe forte para disputar com potências como Inglaterra, França, Itália, Espanha e Estados Unidos”, afirma Juan Ignácio Sienra, coordenador técnico da Vela Jovem.

 

Aos poucos, os dois velejadores brasileiros da RS:X vão consolidando seus nomes no cenário da Vela Jovem. Em 2018, Giovanna e Guilherme participaram dos Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires. Agora, acrescentam o top 10 do Mundial no currículo.

 

Ao todo, o Brasil foi representado por 12 jovens atletas, nas classes RS:X (masc. e fem.), 420 (masc. e fem.), Laser Radial (masc. e fem.) e 29er (masc. e fem.).

 

Resultados completos no link abaixo:

http://www.worldsailingywc.org/results/2019_gdynia_pol.php