Brasileiros estreiam no Mundial de Formula Kite

Brasileiros estreiam no Mundial de Formula Kite

Written on 11/10/2022

A Equipe Brasileira de Vela fez sua estreia nesta terça-feira (11) no Campeonato Mundial de Fórmula Kite 2022, em Cagliari, região da Sardenha, na Itália. O evento da nova classe olímpica para Paris 2024 conta com 152 atletas nas duas categorias.

As primeiras baterias foram disputadas com ventos de 8 a 12 nós no masculino, e condições mais acentuadas nas provas do feminino na praia de Poetto. A competição vai até domingo (16).

São quatro os representantes do país nas regatas da Sardenha. Destaque para o campeão pan-americano Bruno Lobo, que terminou o dia na 14º posição. Bruno Lima está em 62º e Lucas Fonseca em 70º.  A competição tem ao todo 92 atletas no masculino.

A melhor média do dia ficou para o francês Alex Mazella, que venceu todas as quatro baterias do dia de estreia. Na sequência aparecem o esloveno Toni Vodisek e o cingapuriano Maximilian Maeder.

O maranhense Bruno Lobo tirou um 3º, 6º, 7º e 4º, somando 13 pontos perdidos com a entrada do descarte. ''Poderia estar melhor posicionado, mas bati em um balde e depois em um saco plástico quando estava em segundo em ambas as regatas. Faz parte, agora é esfriar a cabeça para seguir na busca para estar entre os 10 para as semifinais e depois disputar o título'', contou Bruno Lobo.

Na semana passada, o atleta brasileiro ficou em nono no Campeonato Europeu de Fórmula Kite 2022, em Nafpaktos, no oeste da Grécia. O atleta brasileiro, campeão pan-americano de Lima 2019, avançou até as semifinais do evento.

Segundo Eduardo Abad, técnico da CBVela na Sardenha, a posição de 14º não reflete o que o Bruno Lobo apresentou na estreia do Mundial de Fórmula Kite. ''O atleta teve um desempenho muito bom, principalmente nas largadas, e estaria facilmente entre os Top 10. O resultado não foi ruim e a previsão para amanhã é de ventos mais fortes, que favorecem o estilo dele''.

No feminino, a maranhense Socorro Reis fechou o dia em 32º. A líder é a francesa Lauriane Nolot.

Bruno Lobo está na competição apoiado pelo termo de fomento à vela olímpica com parceria da CBVela. O objetivo é a preparação da Equipe Olímpica Principal de Vela e participação nos campeonatos internacionais. O número do convênio é 930972/2022.

O suporte tem implementação no custeio das ações que irão dar as melhores condições possíveis para os treinamentos e, consequentemente, para as competições internacionais aos melhores atletas da modalidade do Brasil.

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Flavio Perez

flavio.perez@cbvela.org.br

+55 11 99949-8035

www.onboardsports.net