Brasileiros estreiam no Mundial de IQFoil nesta terça-feira (18)

Brasileiros estreiam no Mundial de IQFoil nesta terça-feira (18)

Written on 18/10/2022

A Equipe Brasileira de Vela faz sua estreia no Campeonato Mundial de IQFoil nesta terça-feira (18), em Brest, na França. Os representantes do país na nova classe de prancha para Paris 2024 são Mateus Isaac, Giovanna Prata e Bruna Martinelli. A competição mais importante do ano para a categoria vai até o próximo domingo (25), quando serão realizadas as finais com os 10 primeiros colocados de cada gênero.

As regatas deveriam ter começado nesta segunda-feira (17), mas não teve vento suficiente no litoral francês. Durante todo dia a bandeira de Recon ficou içada impedindo os IQFoils de ir para água.

A previsão da organização do Mundial de IQFoil é que a partir de terça-feira (18) até as finais entrem ventos de média para forte intensidade, uma característica da região nesta época do ano.  Estão previstas até oito regatas no dia de estreia com divisão das flotilhas ouro, prata e bronze logo de cara.

Um dos melhores do mundo, Mateus Isaac está em uma temporada positiva, ajudando o Brasil a se classificar para os Jogos Pan-Americanos de Santiago do Chile 2023. O atleta quer brigar pelo título do Mundial de IQFoil e se consolidar no top-3 do ranking.

''Amanhã deve ventar mais e ajudar no cronograma. Espero largar bem, me manter focado, além de me posicionar bem na regata. Vou pra cima!'', projetou Mateus Isaac.

Mateus Isaac, assim como Bruno Lobo no Mundial de Formula Kite, está na competição apoiado pelo termo de fomento à vela olímpica com parceria da CBVela. O objetivo é a preparação da Equipe Olímpica Principal de Vela e participação nos campeonatos internacionais. O número do convênio é 930972/2022.

O suporte tem implementação no custeio das ações que irão dar as melhores condições possíveis para os treinamentos e, consequentemente, para as competições internacionais aos melhores atletas da modalidade do Brasil.

''Os atletas chegaram bem, treinaram três dias por aqui! Fizeram uma boa preparação. O Mateus fez duas semanas de treinamento com uma coach de regata aqui em Brest. E a Giovanna está num ritmo bom de campeonato, fez o Sul-Americano em Búzios, IQFoil Games em Garda, os Jogos Sul-Americanos no Paraguai'', contou Maria Hackerott, auxiliar técnica da equipe em Brest.

Como citado pela treinadora, a paulista Giovanna Prada ficou em oitavo no IQFoil Games, seu melhor resultado na série, além da prata nos Sul-Americano da modalidade e nos Jogos Sul-Americanos.

O medalhista olímpico Bruno Prada acompanha a filha na competição mundial na França. ''Será um dia importantíssimo para o time. A raia tem alguns desafios táticos de corrente e ventos, lembra um pouco a Baía de Guanabara, e o principal dos desafios é a alta quantidade de algas na água que prendem no foil e desaceleram a prancha'', disse Bruno Prada.

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Flavio Perez

flavio.perez@cbvela.org.br

+55 11 99949-8035

www.onboardsports.net