Vela jovem brasileira se destaca na classe 49er com apoio da CBVela

Vela jovem brasileira se destaca na classe 49er com apoio da CBVela

Written on 13/12/2022

O Campeonato Brasileiro de 49erFx foi concluído nesta sexta-feira (9) na Marina da Glória, no Rio de Janeiro (RJ). Cinco duplas participaram do evento, que teve organização e logística da CBVela - Confederação Brasileira de Vela. O objetivo da entidade é renovar a categoria de skiff no país.

Foram dez atletas de quatro estados e cinco clubes diferentes sendo representados. No geral, a dupla formada por Bernardo Peixoto e Bernardo Martins ficou com o primeiro lugar, seguida por Rafaela Salles e Catarina Glashester em segundo e Marina Heinke e Larissa Oliveira em terceiro. No feminino, Rafaela Salles e Catarina Glashester levaram o título.

''Conseguimos colocar cinco FX na água com todos envolvidos com a vela jovem. É uma renovação que está em andamento. É muito difícil encontrar esse número em classes olímpicas'', disse Ricardo Paranhos, treinador da equipe.

O apoio à renovação do 49er ocorre desde 2020 liderado por Juan Sienra. Campeonatos como Semana de Vela ICRJ 2021 começaram com apenas três duplas e eventos como o Campeonato Sul-Americano de 49er, Copa Brasil de Vela Ilhabela 2021, Seletiva 2022 e a Copa Brasil de Vela deste ano sempre contaram com mais atletas da Vela Jovem. Pelos dados da CBVela, é a classe olímpica com maior crescimento no país.

''Os jovens foram vestindo o barco com o decorrer do campeonato. Todos ficaram motivados em seguir na classe. O mais legal é que outros ficaram interessados em entrar na categoria. Certamente no ano que vem teremos mais atletas no skiff'', completou Ricardo Paranhos.

A Classe 49erFX é a classe olímpica que vem representando maior renovação ao longo dos últimos anos. Nos dois últimos Jogos subiu ao lugar mais alto do pódio com Martine Grael e Kahena Kunze.

A diretoria da CBVela avaliou de maneira positiva a participação da vela jovem no campeonato de 49er. A Confederação Brasileira de Vela atende atletas da nova geração da modalidade visando os Jogos Olímpicos de Paris 2024, Los Angeles 2028 e Brisbane 2032.

Todos os treinos, clínicas e competições envolvendo a Vela Jovem foram supervisionados pelos treinadores da CBVela. A parceria da Confederação Brasileira de Vela (CBVela) com a Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania foi definida no fim do ano passado, implantando o primeiro Núcleo de Base para a modalidade Vela (NEBAR) para apoiar a preparação de todas as equipes brasileiras da modalidade em suas categorias de base.

A sede oficial do projeto é a Marina da Glória, palco das regatas da Rio 2016 e de outros grandes eventos da vela. 

Números da 49er

Semana de Vela ICRJ 2021 - 3 Barcos Jovens (FX) 

Campeonato Sul Americano de 49er ICRJ - 6 Barcos

Copa Brasil de Vela Ilhabela 2021 - 7 Barcos Jovens e adultos (49er)

 Seletiva 49er ICRJ 2022 - 5 Barcos (49er)

Copa Brasil de Vela 49er 2022 - 4 Barcos.

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.